Bitcoin e a Russia têm se enfrentado a um bom tempo já. O país europeu já deixou claro seu descontentamento com a criptomoeda, o que culminou em diversos bloqueios a websites relacionados a Bitcoin no país. A Suprema Corte Russa agora força a Corte Municipal de São Petersburgo a revisar sua decisão de bloqueio.

Enquanto o governo era contrário à criptomoeda, uma nova ação foi tomada. A corte distrital de Vyborgsky em São Petersburgo bloqueou pelo menos um website relacionado a Bitcoin. Neste caso, o BitcoinInfo.ru, que havia ganhado popularidade no país.

Procuradores requisitaram a corte que bloqueasse o website no país. Tudo por conta de o site efetivamente prover informações sobre Bitcoin, algo que pelas leis russas é proibido. No passar dos anos, outros websites também foram bloqueados por oficiais russos. Decisões estas cercadas por controvérsias.

A história se torna relevante novamente por conta do envolvimento da Suprema Corte Russa que agora obrigou a Corte Municipal de São Petersburgo a rever sua decisão de bloqueio ao website. Aparentemente, o dono do website nunca teve permissão para participar das audiências.

 

O apelo pode funcionar?

Muito mudou desde 2016 na Rússia. Existe hoje um foco crescente em tecnologias blockchain. Adicionalmente, o presidente Putin teve uma reunião com o desenvolvedor do Ethereum, Vitalik Buterin, para avançar nos planos do CryptoRuble. Com isso, o sentimento geral a respeito de criptomoedas parece mais positivo. Mesmo sabendo que uma criptomoeda nacional é bem diferente de uma cripto descentralizada como o Bitcoin.