A JUCEC, em busca de inovação e segurança de dados, contratou a TCI BPO S/A para realizar todo o seu processo de modernização e digitalização de documentos de forma imutável

 

São Paulo, maio de 2018 – A Junta Comercial do Estado do Ceará tem se empenhado na direção da desburocratização dos serviços púbicos. Essa busca por modernização, inovação e a necessidade em dar velocidade no processo de formalização de personalidade jurídica levou a JUCEC a aderir à REDESIMPLES, que é o conjunto de sistemas informatizados, interoperáveis que foram colocados à disposição do cidadão para realizar o processo de registro e legalização das pessoas jurídicas.

Com o apoio tecnológico da TCI BPO, que é especialista em oferecer soluções completas de terceirização dos processos de negócios para empresas, a JUCEC assumiu o papel de centralizar o recebimento dos documentos de registro das empresas e disponibilizá-las, por meio eletrônico usando a tecnologia Blockchain, para os demais atores da rede (Administrações Tributárias no âmbito federal, estadual e municipal e órgãos licenciadores, em especial o Corpo de Bombeiros, a Vigilância Sanitária e o Meio Ambiente).

Na prática, foram realizadas algumas integrações sistêmicas e redesenhos de processos de negócio e, em abril de 2018 iniciaram os registros das transações na cadeia de blocos. Assim que os dados (documentos) são digitalizados, passam por controle de qualidade de imagem logo após sendo indexados e registrados em blockchain.

 

Já foram contabilizados mais de 15.000 processos de registro de empresas na Blockchain desde o início das operações. Diariamente são processados aproximadamente 500 documentos, capturados em 11 pontos diferentes no Estado do Ceará. A capacidade instalada pele TCI ultrapassa 1.000 por dia.

A TCI foi pioneira entre as empresas de BPO a realizar registro de transações de seus clientes em Blockchain.