O banco central do Paquistão enviou um comunicado aos bancos e agências financeiras para que os mesmos não utilizem criptomoedas. O Banco do Estado Paquistanês (SBP) aconselhou o público geral em um comunicado em seu website e um tweet.

O anúncio, feito na última sexta-feira, segue os passos do anúncio feito pelo banco central da India, na última semana. Como resultado disto, os preços de criptomoedas despencou em exchanges locais.

TRANSFÊRENCIAS PODEM RESULTAR EM PROCESSO

O SBP também diz que qualquer cidadão usando criptomoedas para envio de valores para fora do país poderá ser processado. Além disso, bancos, agências de câmbio e financeiras foram solicitadas para que não facilitem o acesso a transações de ICOs e criptomoedas.

Na nota, o SBP também deixa claro que não reconhece criptomoedas como alternativa legal e não autoriza ou licencia qualquer entidade que trabalhe com tais.

 

BANCO CENTRAL CITA RISCOS

Em nota, O SBP cita os seguintes riscos para justificar suas ações:

  • Alta volatilidade e instabilidade de criptomoedas, preços baseados em especulações
  • Fechamento repentino de exchanges e empresas relacionadas

 

Outro ponto tocado pela nota é o uso de criptomoedas por pessoas e empresas mal intencionadas, utilizando-os como forma de mascarar seus esquemas de pirâmide.